Novo Núncio Apostólico apresenta suas credenciais ao presidente do Brasil


10/01/2021 - 12:18

O novo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, entregou quinta-feira, 7 de janeiro, suas credenciais ao presidente Jair Bolsonaro.

Segundo informa o site da Presidência da República, Bolsonaro recebeu na quinta-feira os recém-nomeados embaixadores na cerimônia de entrega de cartas credenciais, sendo eles: Luis Filipe Melo e Faro Ramos, embaixador de Portugal, e Dom Giambattista Diquattro, Núncio Apostólico da Santa Sé.

A carta credencial, explica o Planalto, “é uma carta formal enviada de um Chefe de Estado para outro, que formaliza o envio de um embaixador do país de origem ao país de acolhimento”.

Dom Giambattista Diquattro foi nomeado representante diplomático da Santa Sé no Brasil pelo Papa Francisco em 29 de agosto de 2020 e substitui Dom Giovanni D’Aniello, o qual foi nomeado Núncio na Rússia em 1º de junho do ano passado.

Nascido na Bolonha (Itália), em 18 de março de 1954, Dom Giambattista Diquattro foi ordenado sacerdote em 24 de agosto de 1981, por parte do Bispo Dom Angelo Rizzo,e foi incardinado na Diocese de Ragusa.

Formou-se na Pontifícia Academia Eclesiástica e entrou no serviço diplomático da Santa Sé. Em 2 de abril de 2005, foi nomeado pelo Papa São João Paulo II núncio apostólico no Panamá e, posteriormente, foi ordenado Bispo titular de Giromonte.

Recebeu a consagração episcopal em 4 de junho de 2005, pelas mãos do Cardeal Angelo Sodano. Em 21 de novembro de 2008, o Papa Bento XVI o nomeou núncio apostólico na Bolívia e, em 21 de janeiro de 2017, o Papa Francisco o nomeou núncio apostólico na Índia e Nepal.



Ultimas Matérias
Um encontro verdadeiro com Jesus nunca é esquecido, afirma Papa
A unidade é sempre superior ao conflito, reitera Papa
Papa Francisco e Bento XVI recebem vacina contra Covid-19 no Vaticano
Líderes católicos realizarão conferência sobre a vacina contra a Covid-19
Francisco no Angelus: Deus nos acaricia com a sua misericórdia
Veja Mais