Convertei-vos, pois o anúncio do Céu está próximo, afirma o Papa


26/01/2020 - 22:30

Na Praça São Pedro neste domingo, 26, o Papa Francisco celebrou mais uma oração mariana do Angelus. Nesta ocasião, o Pontífice recordou o início da missão pública de Jesus Cristo, que se deu na Galileia.

“Ele proclama o núcleo do seu ensinamento no apelo ‘convertei-vos’, porque o Reino dos Céus está próximo”, disse Francisco. Este, segundo o Sucessor de Pedro, é um poderoso anúncio que atravessa as trevas e corta a névoa.

“E evoca a profecia de Isaías, que lida na noite de Natal: ‘o povo que andava nas trevas viu uma grande luz, sobre os que andavam uma luz brilhou’. Com a vinda de Jesus, luz do mundo, Deus Pai mostrou à humanidade sua proximidade e amizade, que nos foram dadas gratuitamente, para além de nossos méritos”, ressaltou Francisco.

Este apelo de Jesus, seguindo as palavras do Santo Padre, compreende-se à luz do evento da manifestação do Filho de Deus, sobre o qual as meditações dos últimos domingos foi feita. “Tantas vezes é impossível mudar a própria vida, abandonar o caminho do egoísmo, do mal e do pecado”, lembrou Francisco. “Porque o compromisso de conversão está encerrado em si mesmo e nas próprias forças e não em Cristo e em Seu espírito. A nossa adesão ao Senhor, porém, não pode ser reduzida a um esforço pessoal”, vaticinou.

Auschwitz nunca mais

Ao final do Angelus, Francisco pediu aos fiéis que nesta segunda-feira, 27, dedicassem um momento do dia para as vidas perdidas no campo de concentração alemão de Auschwitz. A data lembra os 75 anos desde que houve a libertação dos prisioneiros judeus.

“Diante desta imensa tragédia e atrocidade, não é admissível a indiferença e é legítima a memória. Estamos todos convidados a fazer um momento de oração e recolhimento dizendo cada um, em nossos corações, nunca mais, nunca mais!”, exaltou o Santo Padre.



Ultimas Matérias
Dez Mandamentos do Dizimista
PACTO PELA VIDA E PELO BRASIL
Assumindo e concretizando o pacto pela vida e pelo brasil
Presidente do Regional Sul 1 incentiva ações para o Grito dos Excluídos e faz um convite à reflexão sobre o “Pacto pela vida e pelo Brasil”
Mensagem do presidente da CNBB para o Dia da Pátria
Veja Mais