Como fazer o estudo da Palavra de Deus?


20/01/2020 - 21:08

Veja abaixo um roteiro de como fazer o estudo da Palavra de Deus

No Evangelho do semeador o próprio Jesus diz que a semente é a Palavra de Deus. Hoje temos máquinas que fazem semeaduras nos campos, porém, no tempo de Jesus tudo era feito manualmente, lançavam as sementes com as mãos. Nessa passagem Jesus explica o que aconteceu em cada terreno que recebeu a semente. Há vários tipos de terrenos, até mesmo aquele solo duro, pedregoso a semente foi lançada.

Da mesma forma, quando recebemos a Palavra de Deus, nosso coração precisa estar preparado. Pior ainda é quando não lemos a Bíblia, pois, a semente da Palavra não é semeada em nosso coração.

Você sabe muito bem que os bons perfumes estão nos fracos pequenos. Digo a mesma coisa do livro que escrevi “A Bíblia no meu dia a dia”. Temos o costume de querer ler a Bíblia da primeira parte, que é o Gênesis, e quando vai chegando ao terceiro, quarto livros que são Levítico e dos Números começa a complicar, porque a pessoa não entende mais. Por essa razão, muitas pessoas não passam do terceiro livro bíblico. Nesse livreto eu dou uma receita, começando pelo livro de São João, onde está embutida a essência da nossa fé. A partir do livro de São João, a pessoa começa a ser preparada para a ler a Bíblia. Então, a seguir, explico livro por livro.

Como ler a Bíblia

É importante não ter medo de riscar a Bíblia, portanto, use lápis e canetas. Claro, não vamos querer sujar a Bíblia por sujar, mas para a manusear. Se for preciso trocar de Bíblia, adquirir uma nova porque a sua já está muito usada, que beleza! É preciso gastar a sua Bíblia lendo-a ativamente. É bom riscar trechos e palavras para gravar mais ainda no seu coração. O que está escrito no livro do profeta Isaías 21,10, por eu riscar e meditar muito esse versículo, eu já até o gravei: “Ó povo meu, pisado, malhado como o grão, o que aprendi do Senhor dos exércitos, do Deus de Israel, eu te anuncio”. Desde que li essa Palavra na Bíblia e a risquei, ficou gravada no meu coração. É bom estar na memória, mas as passagens bíblicas também devem estar em nosso coração, é por isso que você precisa riscar a sua Bíblia.

Não é apenas uma maneira de falar, mas é a verdade, a Bíblia foi escrita para você! A Palavra é um amor especial de Deus por cada um de nós, não são palavras jogadas, Jesus nos ama demais, de modo especial e único.

Você precisa conhecer a Palavra de Deus, “mastiga-la” e “ruminá-la”, ou seja, meditar o que foi lido.  Se você escrever palavra por palavra do que aprendeu ao meditar, isso ficará gravado em seu coração. E na hora em que a “coisa apertar”, o que virá em seu coração não será a angústia, mas a Palavra de Deus.

Só por isso, vale a pena ler a Palavra de Deus, “mastigar” e “digerir” seu conteúdo dia por dia. Deus quer que você faça isso todos os dias. Mesmo que seja pouco, faça-o! É o mesmo que aconteceria se a pessoa não quisesse mastigar por preguiça: ela já estaria condenada à morte. A pessoa que tem anorexia deixa de comer, vai ficando desnutrida até ficar muito doente ou morrer. Assim é com a Palavra de Deus, você não pode deixar de ler, porque ela é alimento necessário, sólido para todos os dias. A Palavra de Deus esta aí para salvá-lo continuamente. Não seja preguiçoso! É preciso “mastigar”, não só “engolir” o ensinamento da Palavra de Deus.

Roteiro de leitura bíblica

Apresento a você um roteiro muito concreto a seguir, quando ler a Palavra de Deus:

Promessas de Deus

Se você não sabe das promessas de Deus para sua vida, como vai saber que estão se cumprindo? Precisamos saber quais são e buscá-las na hora certa. Quantas pessoas “morrem na praia” angustiadas porque não sabem das promessas de Deus?

Uma Bíblia, grossa como a nossa, é cheia de promessas de Deus. Se você não as conhece é porque não lê.

É muito fácil identificá-las, são coisas que Deus promete:

Jo 1, 12: “A todos aqueles que o receberam, aos que crêem em seu nome, deu o poder de ser tornar filhos de Deus”.

Mt 18,20: “Onde dois ou três estão reunidos em meu nome, aí estou no meio deles”.

Lc 11,13: “Se vós que sois mais sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai Celestial dará o Espírito Santo aos que lhe pedirem”.

Ef 6,8: “E estais certos de que cada uma receberá do Senhor a recompensa do bem que tiver feito”.

A Bíblia está repleta de promessas de Deus. Veja bem: são promessas de um Deus fiel que sempre cumpre a palavra dada a seus filhos. Podemos confiar nas promessas de Deus; podemos correr riscos por elas: Deus não falha. Por isso, vale a pena conhecer as promessas que Ele nos faz. E, o que é mais importante, devemos gravá-las em nossa mente e em nosso coração. Assim, anote diariamente as promessas de Deus que encontrar na leitura.

Nem sempre vamos encontrar promessas divinas nos trechos que lermos. Se não as encontrarmos, nada teremos que anotar. Contudo, são tantas as promessas de Deus que encontraremos muitas, e com frequência. Eis alguns exemplos;

Ordens de Deus

Também temos as ordens de Deus e as leis que as regem nas Sagradas Escrituras. Há várias leis que precisamos seguir. Por exemplo,  você não vai colocar um aparelho que é de 110 volts na tomada de 220 volts. Quanta gente se estragando e estragando a vida de muita gente, porque não segue o “manual” [da Palavra de Deus]. Deus tem ordens e mandamentos que não são pesados. Você precisa conhecer a Palavra de Deus e suas ordens. Se sua vida está uma desordem é porque você não conhece as ordens de Deus para ela.

Deus, que é Pai, tem prescrições claras para nortear a nossa vida. Ele manda, prescreve, proíbe, ordena; tudo para nos conduzir como filhos muito amados. Seguir seus mandamentos, obedecer-lhe as ordens, é o segredo da vida. É do nosso interesse, portanto, conhecer e guardar as ordens que Deus nos dá. Tal como acontece com as promessas, as ordens de Deus são abundantes na Bíblia, embora não as encontremos no seu Diário. É bem simples distingui-las. Alguns exemplos:

Jo 13,34 : “Amais-vos uns aos outros como vos tenho amado”

Mt 5,37: “Dizei somente sim se é sim, e não se é não”.

Mc 16, 15: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda a criatura”.

Lc 6,27-28: “Amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, abençoai aos que vos maldizem e orai pelos que vos injuriam”.

Em geral,  o verbo no imperativo (dai, fazei, ide, buscai, recebei, perdoai, sede) é sinal de uma ordem.

Princípios eternos 

Os princípios do Reino bem poderia chamar-se “Leis do Reino de Deus”. Não os denominamos assim para não confundi-los com ordens ou mandamentos.  Mas os princípios são leis que governam o Reino de Deus, ou seja, no Reino, as coisas funcionam dessa maneira.

Neste mundo, tudo é regido por leis: os astros, os minerais, as plantas, a eletricidade, o corpo humano etc. As leis são princípios imutáveis que determinam o modo de ser de cada uma dessas coisas. O cientista precisa conhecer os princípios que regem a sua ciência. O Reino de Deus também é também regido por princípios eternos, imutáveis, leis permanentes. O Reino de Deus funciona da maneira descrita nesses princípios. Deus quer revelar aos seus filhos os segredos do Reino, os mistérios do mundo sobrenatural.

Alguns exemplos:

Lc 6,36: “Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados, perdoai e sereis perdoados”. É assim que funciona no Reino de Deus.

Lc 18,14: “Todo aquele que se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado”. Queiramos ou não, é assim que funciona o Reino de Deus.

Tito 1,15: “Porque nada trouxemos a este mundo, como tampouco nada poderemos levar”.

“O que Deus está dizendo para mim hoje?”

Se você está acostumado a digitar, digite. Mas é muito importante escrever, você o assimila melhor. Fazer o diário espiritual exige esforço. Até você ler com lápis ou caneta o ajuda a não dormir, pois, o estudo é feito de forma mais ativa.

Anote a mensagem todos os dias. Não deixe que ela se perca. Faça anotações bem pessoais, com suas próprias palavras. Seja simples, nada de complicações.

Como colocar o estudo Bíblico em prática

Depois de achar as promessas, as ordens e os princípios eternos, você vai escrever no seu diário espiritual, feito com a leitura da Palavra, a seguinte pergunta: “Como vou colocar isso em prática?”. E então a Bíblia vai ser “digerida” e “assimilada” por você. Eu digo que esse livro “A Bíblia no meu dia a dia” é um livro de receita.

Eu sei que existem outros métodos, mas eu lhe apresento esse. É preciso ler a Palavra, mas só isso não basta! É preciso “ruminar” e se alimentar dos ensinamentos dela. Eu sou resultado desse método da Bíblia no meu dia a dia. Graças a Deus, eu conheço as promessas de Deus e me arrisco nelas na fé. Da mesma forma, tento seguir as ordens afinco. Os princípios bíblicos não mudam.

Veja mais dicas de como achar as promessas de Deus, ordens e os princípios eternos:

Não podemos ser indiferentes aos ensinamentos da Palavra de Deus. Se cada um varresse a frente da sua casa, a nossa rua ficaria limpa. Se a nossa rua está suja é porque não a estamos limpando. Não adianta a prefeitura vir limpar, é preciso que cada um tome a atitude de fazer isso. Da mesma forma, essa graça não se faz apenas com bons propósitos, mas se faz com a leitura e a vivência da Palavra de Deus.

Infelizmente, o nosso Cristianismo e o nosso Evangelho, muitas vezes, são vividos como verniz, os vivemos só por cima, sem penetração e sem profundidade. Nós precisamos de substância. A Palavra de Deus precisa estar encarnada em nossa vida, assimilada em nós. A sua vida precisa ser evangelizada, e a partir daí a sua mente, o seu coração, sua vontade e os seus atos devem sê-lo também. Desse modo, você vai começar a viver a transparência e a justiça.

Quando se começa com algo errado, todos as outras coisas vêm atrás. Veja a questão da sexualidade. Nós precisamos ser pessoas que, possuídas pela Palavra, vamos nos tornando homens e mulheres novos.

Eu peço que o Senhor lhe dê um batismo da Palavra de Deus. Que lhe dê o gosto pela leitura da Palavra. E Jesus lhe diz: “Guarda a minha Palavra, íntegra e irrepreensível até a minha segunda vinda!”.

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D’Onofrio

Pregação “A Bíblia foi escrita para você” de monsenhor Jonas.



Ultimas Matérias
Igreja na China ajuda na atenção aos afetados por coronavírus
A santidade é o anúncio de esperança para o mundo, diz Cardeal Parolin
CF 2020 – Como conhecer o tema central: Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso?
Papa inaugura Super Nuns em apoio a vítimas do tráfico humano
Igreja deve ser fiel à evangelização diante da violência, afirma Papa
Veja Mais