Você já questionou sua fé e brigou com Deus?


11/08/2019 - 18:54

Estou com vontade de chutar o pau da barraca!
Por que Deus não age nessa situação que eu vivo?
Por que parece que nunca se cumpre aquilo que Ele mesmo prometeu?
Por que, às vezes, vejo ausência ao meu redor?
Quero pendurar minhas chuteiras e jogar tudo para o alto!

Alguma vez, você usou alguma dessas expressões? Eu já!

Alguns questionamentos não nos fazem chegar a lugar nenhum, mas a nossa fé sim

Deus poderia tentar, com sinais, prodígios e demonstrações de poder, conquistar nosso coração e nossa fidelidade, contudo, esse não é Seu método hoje. No Antigo Testamento, Ele realizou tantos sinais, mas o povo continuava sendo murmurador e incrédulo. Em nossos dias, os milagres são uma consequência de nossa fé, e não a isca de Deus para nos atrair.

Muitas vezes, queremos um sinal de Deus. Geralmente, esse desejo vem quando estamos em crise de fé. É importante saber que João Batista viu o sinal (vindo do céu) no rio Jordão ao batizar Jesus, mas teve sua crise de fé na prisão, quando enviou, na surdina, seus discípulos para perguntarem a Jesus se Ele era o Messias.

Sobre as dúvidas

Você já se viu em dúvidas quando leu a Bíblia? Já se perguntou por que Jesus não fez nada com Herodes quando este O ameaçou e lançou João na prisão? Por que curou só um homem paralítico no tanque de Betesda e desapareceu, deixando ali cegos, surdos, coxos e doentes? E por que Deus não destruiu Nínive, preferindo duelar com um profeta d’Ele?

Quero que me diga: seria a omissão e o silêncio de Deus fraqueza ou misericórdia? Para responder, imagine se Ele tivesse tirado sua vida quando você pediu! Se tivesse sido rigoroso quando você errou! Se realizasse a sentença de condenação logo que alguém blasfemasse ou se desviasse!

Conselhos

Leia Romanos 2,4-11 para ver o que Deus fala sobre a demora d’Ele em agir. Seus amigos da Bíblia também tiveram vontade de chutar o balde e pendurar a chuteira: Abraão duvidou (24 anos e a promessa não se cumpria); Jó perdeu a paciência (cf. Jó 38-40); Davi adulterou e matou; Noé embebedou-se; Salomão teve mil mulheres; Pedro negou conhecer o Cristo; Elias pediu para morrer. No final, todos eles se renderam ao amor de Deus!

Você já parou para pensar por que José não se decepcionou com Deus e com o ser humano quando foi traído por seus irmãos, quase apodreceu na prisão egípcia (sem merecer) e foi esquecido pelo colega de cela? Já refletiu na razão que levou Zaqueu a abandonar a vida política, de corrupção, luxo e luxúria? Algo mais forte os motivava.

Deus nos quer. Veja a parábola de ovelha perdida, do filho pródigo. Ele nos quer com intimidade, num relacionamento de amor e fidelidade. Por isso, o véu se rasgou e o Senhor é chamado de “Abba” – “Pai”.

Se bater a vontade de chutar tudo para o alto, acalme-se! Você é gente, é humano, é como muitos homens da Bíblia.

Acalme-se e deixe Deus fazer o melhor!

Por Adriano Gonçalves, via Canção Nova



Ultimas Matérias
Homilia do Papa Francisco na canonização de Irmã Dulce e outros beatos
Conheça os 5 novos santos da Igreja Católica
Irmã Dulce dos Pobres foi canonizada pelo Papa Francisco
Catedral celebrará Dia da Padroeira
43 anos de falecimento do Frei Arnaldo
Veja Mais