Documento do Vaticano aborda questões éticas do sistema financeiro - Catedral Votuporanga-SP
Documento do Vaticano aborda questões éticas do sistema financeiro


18/05/2018 - 22:20

O Vaticano apresentou nesta quinta-feira, 17, um novo documento da Congregação para a Doutrina da Fé e do órgão para o Desenvolvimento Humano Integral: “Oeconomicae et pecuniariae quaestiones – Considerações para um discernimento ético sobre alguns aspectos do atual sistema econômico-financeiro”. 

O texto foi apresentado em coletiva de imprensa com a presença dos prefeitos dos órgãos, respectivamente Dom Luis Francisco Ladaria Ferrer e o Cardeal Peter Turkson. A proposta é oferecer, nesse âmbito de atividades econômico-financeiras, considerações e pontuações a favor do progresso do bem comum e em defesa da dignidade humana.

“É sentida a necessidade de realizar uma reflexão ética sobre alguns aspectos da intermediação financeira, cujo funcionamento, quando foi desvinculado de adequados fundamentos antropológicos e morais, não só produziu evidentes abusos e injustiças, mas também revelou-se capaz de criar crises sistêmicas e de alcance mundial. Trata-se de um discernimento oferecido a todos os homens e mulheres de boa vontade”, informa o documento. 

Dividido em quatro tópicos (Introdução, Considerações elementares de fundo, Algumas pontualizações no contexto contemporâneo e Conclusão), o texto defende a harmonia entre o saber técnico e a sabedoria humana. “Só com esta harmonia, pode-se progredir numa via de um bem-estar para o homem que seja real e integral”.

Em sua intervenção, um dos aspectos destacados pelo Cardeal Turkson foi a relação entre dignidade humana, bem comum e economia. Ele recordou que a Igreja, a fim de promover o desenvolvimento humano integral, deseja garantir que os sistemas políticos, econômicos ou financeiros respeitem a dignidade de cada pessoa. Como exemplo, citou a gestão dos recursos da casa em uma família. 

“Dado o fato de que vivemos em uma casa comum, como uma família global que aspira coexistir bem, precisamos gerir ou administrar os bens de casa e do planeta da melhor maneira possível. É isto que significa a palavra ‘economia’ significa na verdade: ‘oiko-nomics’, a maneira como organizamos, gerimos ou controlamos nosso lar. Quando levamos em conta nossa origem comum, nossa mútua existência e nosso destino comum, então podemos desenvolver novas convicções, atitudes e formas de vida (Laudato Si’, 202), e novos sistemas econômicos que promovam de verdade este significado integral do desenvolvimento humano”.

Também presente na coletiva, Dom Ladaria Ferrer explicou o motivo da Congregação para a Doutrina da Fé abordar um tema tão específico. Segundo ele, citando a Constituição Apostólica Pastor Bonus – que rege a Cúria Romana – é tarefa da Congregação promover e proteger tudo o que diz respeito à doutrina da fé e questões de natureza moral. “Cabe também à Congregação ajudar as dinâmicas econômicas a se orientar baseado em uma ética apropriada”, afirmou.

Por Canção Nova



Ultimas Matérias
Semana Nacional da Família termina neste domingo com show de Paulinho Ribeiro
1º Desperta Jovem Diocesano acontecerá nesse domingo na Santa Luzia
Coro Municipal de Fernandópolis se apresenta na Catedral de Votuporanga nesta quarta-feira
Pastoral da Criança de Votuporanga: um trabalho de amor à vida
Dom José Reginaldo Andrietta celebra missa na Catedral de Votuporanga
Veja Mais