Catedral celebrará Missa pelo Dia Mundial das Comunicações Sociais - Catedral Votuporanga-SP
Catedral celebrará Missa pelo Dia Mundial das Comunicações Sociais


07/05/2018 - 21:54

A Igreja Católica celebrará no próximo domingo, 13 de maio, o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais cujo tema deste ano é “A verdade vos tornará livres. Notícias falsas e jornalismo de paz”. Para comemorar esta data, será celebrada uma Missa em Ação de Graças pela vida e trabalho de todos os jornalistas e comunicadores na Sé Catedral Nossa Senhora Aparecida às 7h30. A missa será transmitida ao vivo pela TV Unifev, presididida pelo bispo Dom Moacir e concelebrada pelo padre Gilmar Margotto.e deverá contar com a presença de jornalistas e comunicadores votuporanguenses. O Dia Mundial das Comunicações Sociais é realizado anualmente na Solenidade da Ascensão do Senhor.

Na mensagem para o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, o Papa Francisco pediu um jornalismo que sirva de remédio contra as notícias falsas e o mau uso da faculdade de comunicar e propôs este antídoto: jornalistas educados na verdade.

O Santo Padre assinalou na mensagem, divulgada pela Santa Sé que “no projeto de Deus, a comunicação humana é uma modalidade essencial para viver a comunhão”. “Mas, se orgulhosamente seguir o seu egoísmo, o homem pode usar de modo distorcido a própria faculdade de comunicar”, advertiu.

“Sintoma típico de tal distorção é a alteração da verdade, tanto no plano individual como no coletivo. Se, pelo contrário, se mantiver fiel ao projeto de Deus, a comunicação torna-se lugar para exprimir a própria responsabilidade na busca da verdade e na construção do bem”.

Nesse sentido, lamentou que, “hoje, no contexto de uma comunicação cada vez mais rápida e dentro de um sistema digital, assistimos ao fenômeno das ‘notícias falsas’, as chamadas fake news: isto convida-nos a refletir”.

Por isso, Francisco propôs 4 pontos de reflexão a fim de “contribuir para o esforço comum de prevenir a difusão das notícias falsas e para redescobrir o valor da profissão jornalística e a responsabilidade pessoal de cada um na comunicação da verdade”.

“No contexto em que as empresas de referência das redes sociais e o mundo das instituições e da política iniciaram a combater este fenômeno, também a Igreja quer oferecer uma contribuição, propondo uma reflexão sobre as causas, as lógicas e as consequências da desinformação na mídia e auxiliando na promoção de um jornalismo profissional, que busca sempre a verdade, e por isto um jornalismo de paz, que promova a compreensão entre as pessoas”, afirma a Secretaria para a Comunicação do Vaticano.



Ultimas Matérias
Semana Nacional da Família termina neste domingo com show de Paulinho Ribeiro
1º Desperta Jovem Diocesano acontecerá nesse domingo na Santa Luzia
Coro Municipal de Fernandópolis se apresenta na Catedral de Votuporanga nesta quarta-feira
Pastoral da Criança de Votuporanga: um trabalho de amor à vida
Dom José Reginaldo Andrietta celebra missa na Catedral de Votuporanga
Veja Mais