Papa faz visita surpresa a detentas durante a sexta-feira da misericórdia


04/03/2018 - 10:55

Nesta sexta-feira, 2, Papa Francisco, acompanhado do Presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, Monsenhor Rino Fisichella, visitou a Casa di Leda, em Roma. O local abriga mulheres condenadas pela Justiça e que têm a presença dos filhos menores de idade no cumprimento da pena. A iniciativa do Santo Padre faz parte do projeto “Sexta-feira da Misericórdia” – proposta do Ano do Jubileu Extraordinário em solidariedade aos excluídos e marginalizados.

Francisco foi saudado com grande espanto pelas detentas, seus filhos e a equipe que trabalhava nas instalações. A casa é administrada pela cooperativa social Cecilia Onlus, desde março de 2017, e propõe a continuidade do convívio familiar durante o período de detenção de mulheres condenadas pela justiça. O responsável pelo local, Dr. Lillo Di Mauro, contou ao Santo Padre sobre os esforços dedicados para o desenvolvimento do projeto de acolhimento e civilização das mulheres detidas na casa.

O Santo Pontífice aproveitou a oportunidade para conversar com as mães e os funcionários do local. Francisco brincou com as crianças, presenteou-as com ovos de Páscoa e lanchou junto a elas. As mães, por sua vez, presentearam o Papa com lembrancinhas produzidas durante atividades realizadas dentro da casa e contaram sobre a oportunidade de criar os filhos, apesar das muitas dificuldades.

No momento, existem cinco mães jovens, com idade entre 25 e 30 anos, todas acompanhadas dos filhos. Ao lado das mães sob custódia, há educadores e voluntários de associações locais. Antes de partir, Francisco deixou um pergaminho em memória de sua visita.



Ultimas Matérias
Paróquias arrecadam alimentos para o Hospital do Amor
Coroação de Nossa Senhora será dia 30/05
CF sobre Políticas Públicas para 2019 foi destaque na reunião dos bispos
Papa: a Igreja é mulher e mãe, como Maria
Novo ciclo de catequeses do Papa é dedicado ao sacramento da Crisma
Veja Mais